"O verdadeiro analfabeto é aquele que sabe ler, mas não lê." Mario Quintana

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Resenha: Animais fantásticos e onde habitam

E ai galerinha, tudo tranquilo por ai???

Estava adorando o clima aqui no Rio de Janeiro, chuvinha fina com um leve friozinho. Tem coisa melhor do que isso? Tem sim, ler um livro e resenhar aqui para vocês.
Mas o calor voltou, e voltou com força. Mas a resenha não deixa de vir... =D

E hoje eu trago mais uma resenha. O livro da vez é da nossa querida J. K. Rowling, mas já vou avisando, não serão apenas elogios. E eu nem tenho muito o que dizer desse livro, mas vamos lá.






Título: Animais fantásticos e onde habitam
Ano: 2001

Título: Fantastic beasts and where to find them
Ano: 2001

Autor: Newt Scamander (J. K. Rowling)
Editora: Rocco
Tradução: Lia Wyler
Gênero: Fantasia / Humor



O livro começa com um prefácio de Alvo Dumbledore, e logo em seguida nos apresenta o autor Newt Scamander, é que um estudioso pesquisador e explorador do mundo mágico. O livro nos conta a história de como foi feita a classificação do o que é ser e o que é animal. E logo em seguida nos fala como os animais fantásticos se escondem dos trouxas (humanos não bruxos). Terminamos com um o catalogo dos animais e sua descrição, assim como sua classificação de periculosidade.

J. K. Rowling cria nesse livro um personagem para ser ela mesma. O escritor do livro é o pesquisador Newt Scamander, e esse é um dos livros da biblioteca de Hogwarts. Até encontramos pelo livros vários comentários dos alunos, alguns trechos que eles rabiscaram no livro. Eu achei isso bem legal. O livro tem todo um ar cômico.

A classificação dos animais vai de "tedioso" a "extremamente perigoso". A variedade de animais é enorme, mas mesmo assim não me agradou muito.
O livro é muito fino, em média 64 páginas, com capa muito mole e sem abas, o que torna o livro bem frágil. Na primeira passada de página o livro já vai se abrir todo. E o pior de tudo é que o preço com condiz com a qualidade. O livro é um tanto salgado, mas o lucro será entregue a Comic relief, uma empresa que utiliza o riso para combater a miséria.

Para quem é fã de Harry Potter, é uma boa ter esse livro, pois um colecionador de verdade não vai se importar muito com o conteúdo. Mas para quem não é muito fã ou está esperando um livro como "O bestiário" da saga "As aventuras do caça-feitiço", ou "O diário de John Winchester", que são livros com a mesma temática, por favor, diminua a sua expectativa. Apesar de ter a mesma intenção, creio eu, o livro não chega nem perto. É um simples passa tempo sem nenhuma pretensão de ser um livro referência.
Mas vai muito do gosto de cada um neh?! Para mim não funcionou. :/


CITAÇÕES

"Chimaera (Quimera)
Classificação M. M.: XXXXX
A chimaera (Quimera) é um monstro grego raro com cabeça de leão, corpo de bode e rabo de dragão. Feroz e sanguinária, ela é extremamente perigosa. Só se conhece um exemplo de alguém que tenha abatido uma quimera, mas o azarado bruxo em questão caiu do seu cavalo alado (veja página 63) e morreu pouco depois, sem forças. Os ovos da quimera são classificados como Artigos Não Comerciáveis Classe A". (Página 28)


É isso ai galerinha, e vocês? O que acharam desse livro?

Deixem ai nos comentários a sua opinião.

E não deixem de seguir o nosso blog, de curtir nossa página no Facebook para ter acesso a conteúdo extra, e nos seguir no Twitter.
Até a próxima...



...Diálogo literário...
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

4 comentários:

Postar um comentário